regiaonorte.net
Ilustração sobre a Localidade

Casa de Chá e Museu de Arte Nova de Aveiro

casa em estilo Arte Nova de extremo requinte e elegância nas suas formas

Construída entre 1907 e 1909, esta casa em estilo Arte Nova, manifesta extremo requinte e elegância nas suas formas, que traduzem uma linguagem harmoniosa desde o piso térreo com a porta em linhas curvas assimétricas até à imperial águia que contempla a ria de Aveiro do topo do edifício. Os portões de ferro forjado ornamentados com flores amarelas, a fachada em relevo, pintada em azul celeste, os azulejos com motivos alusivos à flora e à fauna em harmonia com a natureza, as janelas amplamente rasgadas em movimentos curvos deixando penetrar a luz, convidam a uma viagem pelo mundo do estilo Arte Nova.

Pó d'Enguias

O grupo que anda a agitar Aveiro

Uns vieram para estudar, outros para viver. À primeira vista, parece o grupo dos outsiders. Mas não é. Nele também há quem sempre tenha tido Aveiro por morada. Eles são o Pó d'Enguias , tempero usado na caldeirada à moda da cidade que, agora, dá nome a uma associação informal de comerciantes. Foi, aliás, a partir desse "nada" que "mal se nota" mas "faz toda a diferença" que surgiu este movimento de comércio tradicional, "fora do circuito". Para dar "um outro sabor" à cidade, nota-se.

QUINTA PEDAGÓGICA

A Associação Regresso à Terra

Ao longo de quatro hectares, sobranceiros à reserva ecológica deo Baixo Vouga, encontra-se uma das poucas Quintas Pedagógicas da região centro. Um local aprazível onde os mais pequenos têm acesso a uma visita guiada ao mundo de uma quinta de verdade. Contacto com plantas e animais, para descobrir que o leite não vêm do supermercado e sim da vaca. :)

PERFIL

Concelho de Aveiro

Aveiro é a capital de uma região contemplada pela mãe natureza com diferentes paisagens que se combinam de modo exemplar. Região onde a montanha, sulcada de profundos vales, abraça as terras. Onde as planícies, assumindo a sua vaidade, parecem mudar de roupagem a cada hora do dia pela diferente luminosidade que as envolve. E onde o mar percorre a costa convidando os turistas a desfrutarem dos seus atractivos próprios.

Reserva Natural das Dunas de S. Jacinto

Natureza

Reserva Natural das Dunas de S. Jacinto

Situada no cordão litoral norte da Ria de Aveiro, esta reserva é o local por excelência da observação da fauna e flora, com destaque para as aves migratórias. Foi criada em 1979 com o intuito de proteger as dunas e o respectivo património florístico e faunístico. Um desafio que foi vencido já que além de representar uma das relíquias do ecossistema litoral do país, é uma das mais bem conservadas da Europa.

Ria

Natureza

Ria

E pensar que a formosa Ria resultou de um acidente hidrográfico? É verdade e um dos mais belos da costa portuguesa. 
A Ria de Aveiro é o resultado do recuo do mar, com a formação de cordões litorais que, a partir do séc. XVI, formaram uma laguna. 
Esta extensão lagunar ocupa 11.000 hectares, dos quais 6.000 estão permanentemente alagados, e é composta por quatro grandes canais ramificados em esteiros que circundam um sem número de ilhas e ilhotes. Ela é também o local eleito pelos rios Vouga, Antuã e Boco para desaguar os seus caudais.

ONDE DORMIR

Relação de hotéis do concelho. Se o seu não estiver na lista, favor contactar que acrescentaremos.

ONDE COMER

Relação de restaurantes do concelho. Se o seu não estiver na lista. Contacte que acrescentamos.

O que visitar

Algumas dicas sobre o que visitar em Aveiro.

Gastronomia

Tradições gastronómicas de Aveiro

As tradições gastronómicas de Aveiro devem-se, em boa parte, aos paladares adocicados daqueles que, ao longo do tempo, foram cozinhando as receitas que agora fazem as delícias de residente e visitantes. Um caso exemplar é o das freiras do Convento de Jesus. Deixaram um legado capaz, já disse alguém, de nos fazer "cantar louvores supremos". São os típicos ovos moles, pois claro. Símbolo de Aveiro por excelência, são servidos em barriquinhas de madeira decoradas com coloridas pinturas de temática regional ou em revestimento de hóstia imitando formas marinhas.

Festividades

Festa de S. Gonçalinho

Este é uma das festas mais apreciada das gentes de Aveiro, em especial dos habitantes do bairro da beira-mar. Tendo como padroeiro o S.Gonçalinho, realiza-se a partir da capela, com o mesmo nome do Santo, no domingo mais próximo do dia 10 de Janeiro. Um dos costumes mais vincados desta cerimónia é o pagamento de promessas ao padroeiro, atirando quilos de cavacas doces da cúpula para o público.

Características geo-fisicas

Temperatura
A temperatura média anual da cidade de Aveiro ronda os 15 graus centígrados. Os períodos mais quentes desta cidade do litoral beirão ocorrem nos meses de Junho, Julho e Agosto. Nestes meses as temperaturas disparam, ultrapassando, por vezes, os 30 C. Já o frio envolve a cidade em Dezembro, Janeiro e Fevereiro, mas, mesmo assim, a temperatura média não é baixa rondando os 10 C. Por estes valores é fácil perceber que se trata de um local com um clima ameno, onde as temperaturas não sofrem grandes oscilações ao longo do ano, sendo por isso convidativo quer nos meses de Verão, quer nos de Inverno.

BUGA

Pedalar por Aveiro

Vai uma volta de BUGA?

Aveiro já há muito é conhecida como a Veneza Portuguesa, com a sua ria a penetrar por entre os bairros alegres. Mas há cerca de dois anos ganhou uma nova comparação: a Amsterdão lusitana. Porque tal como esta cidade holandesa, Aveiro passou a convidar residentes e visitantes a aventurarem-se em passeios de bicicleta. Foi o nascimento das já famosas BUGA, disponibilizadas gratuitamente a todos os cidadãos, sem burocracias e com total liberdade: basta pegar, andar e largar.

Artesanato

O artesanato é uma das actividades mais vincadas da região de Aveiro. Existe uma grande variedade de produtos fruto de um leque abrangente de actividades manuais, no entanto a cerâmica continua a ser a arte tradicional mais representativa e de maior qualidade. Com tradições multisseculares, traduz a forma de vida alegre das gentes da região. É trabalhada nas mais diversas formas mas o destaque recai na riquíssima azulejaria. 

História

A mais antiga forma que se conhece do topónimo Aveiro, data de 959, altura em que a condessa Mumadona Dias doa em testamento toda a região ao mosteiro de Guimarães. "Suis terras in Alauario et Salinas" é esta a primeira referência conhecida.
É contudo, no século XIII que Aveiro é elevada à categoria de vila, desenvolvendo-se a povoação à volta da igreja principal, consagrada a S. Miguel. Monumento secular acabou por ser destruído em 1835 dando lugar ao que é hoje a Praça da República.


Find more about Weather in Coimbra, PO
Click for weather forecast


NEWSLETTER

Subscrever a newsletter:



Sair da newsletter:

ARRENDA-SE.NET

Quartos, apartamentos, casas, etc

RECADINHOS

Últimos recadinhos dos leitores:

Congratulations for the site. It is very nice to get more informations about Portugal. A beautiful country.
Matheus Smith 2016-07-30 23:39:20


RELÓGIO

Veja que horas são no mundo

NOTÍCIAS

Jornal O PÚBLICO

Um conto de Natal na cidade que é um conto de fadas
Com um dos melhores mercados natalícios da Europa, Colmar, no coração da Alsácia, é um postal de casas com fachadas de tantas cores. Bairros como a encantadora Petite Venise são admirados nesta época do ano tanto por adultos como por crianças.

A Leste da Sé de Braga com cozinha moderna e alternativa
Diverge da oferta tradicional com propostas que não escondem o gosto pela cozinha e produtos com origem italiana. Também o ambiente elegante e intimista ajudam a boa boca.

Um pote onde cabe todo o interior
Vanessa Melo pegou nos 164 municípios de baixa densidade do país para recolher os produtos regionais que lhe traziam a infância à memória. O Pote da Gula é um projecto solidário que quer diminuir as desigualdades entre o interior e o litoral. Já comprou todas as prendas de Natal?

Por este Douro acima
O leitor João Tiago Oliveira conta a sua experiência no Douro Vinhateiro.

O verdadeiro Pai Natal não precisa de barba postiça
É professor, actor e encenador e, nesta época do ano, é chamado a exercer funções de grande responsabilidade: arrancar sorrisos e gargalhadas a crianças de Norte a Sul do país. Guloso assumido, alimenta o sonho de viajar até Antália, na Turquia, terra de São Nicolau.

Ninguém sabe por que é que torradas de carcaça são injustamente preteridas mas chegou o tempo de celebrá-las
Como quase todas as carcaças são más, é preciso insistir naquelas que são feitas à mão em forno de lenha. Custam 15 cêntimos cada uma e dão duas torradas formidáveis: uma das grandes pechinchas do nosso tempo

NOTÍCIAS

Jornal EXPRESSO

(c) 2014 Portal regiaonorte.net

Termos de Serviço

Privacidade