regiaonorte.net
Sem FOTO:1

Sé do Porto

edificada no alto da Pena Ventosa

A primitiva ocupação humana do sítio do Porto, provavelmente por castros, remonta ao período final da Idade do Bronze, por volta do século VIII a.C. Trata-se de um povoado proto-histórico que se localizou num ponto alto, sobre a margem direita do rio Douro, e, terá mantido, desde cedo, importantes ligações comerciais com a bacia do mar Mediterrâneo.

Aquando da invasão romana da Península Ibérica, esta povoação, então denominada de "Cale", já contava com edificações de porte considerável e controlava um importante eixo viário entre "Olissipo" (actual Lisboa) e "Bracara Augusta" (actual Braga). Daqui Portugal foi buscar a origem do seu nome.

O mais importante núcleo foi identificado pela pesquisa arqueológica na década de 1940 no alto da Pena Ventosa (morro da Sé), quando foram trazidas à luz uma ara votiva, uma moeda do imperador Constantino e duas colunas de mármore. Datará também desta época a primitiva cintura de muralhas da povoação.

A Sé do Porto foi edificada no alto da Pena Ventosa e é um dos monumentos mais antigos existentes na cidade do Porto. A sua construção iniciou-se na primeira metade do século XII, e prolongou-se até ao princípio do século XIII. O primeiro edifício, em estilo românico, foi sofrendo alterações ao longo dos séculos. O caracter geral da fachada data da época românica, e, no ano de 1333, já na época Gótica, construiu-se a capela funerária de João Gordo, cavaleiro da Ordem dos Hospitalários e colaborador de D. Dinis. Foi no reinado de D. João I que se procedeu à construção do claustro tendo sido na Sé do Porto que este rei casou com D. Filipa de Lencastre  em 1387.

Já em plena época barroca o exterior do edifício foi bastante alterado e cerca do ano de 1736, o arquitecto italiano Nicolau Nasoni adicionou uma galilé barroca à fachada lateral da Sé. As balaustradas e cúpulas das torres também são barrocas. Por volta de 1772 construiu-se um novo portal substituindo o original em estilo românico.

 



loading...



COMENTÁRIOS DOS LEITORES


Find more about Weather in Coimbra, PO
Click for weather forecast


NEWSLETTER

Subscrever a newsletter:



Sair da newsletter:

ARRENDA-SE.NET

Quartos, apartamentos, casas, etc

RECADINHOS

Últimos recadinhos dos leitores:

Congratulations for the site. It is very nice to get more informations about Portugal. A beautiful country.
Matheus Smith 2016-07-30 23:39:20


RELÓGIO

Veja que horas são no mundo

NOTÍCIAS

Jornal O PÚBLICO

Um conto de Natal na cidade que é um conto de fadas
Com um dos melhores mercados natalícios da Europa, Colmar, no coração da Alsácia, é um postal de casas com fachadas de tantas cores. Bairros como a encantadora Petite Venise são admirados nesta época do ano tanto por adultos como por crianças.

A Leste da Sé de Braga com cozinha moderna e alternativa
Diverge da oferta tradicional com propostas que não escondem o gosto pela cozinha e produtos com origem italiana. Também o ambiente elegante e intimista ajudam a boa boca.

Um pote onde cabe todo o interior
Vanessa Melo pegou nos 164 municípios de baixa densidade do país para recolher os produtos regionais que lhe traziam a infância à memória. O Pote da Gula é um projecto solidário que quer diminuir as desigualdades entre o interior e o litoral. Já comprou todas as prendas de Natal?

Por este Douro acima
O leitor João Tiago Oliveira conta a sua experiência no Douro Vinhateiro.

O verdadeiro Pai Natal não precisa de barba postiça
É professor, actor e encenador e, nesta época do ano, é chamado a exercer funções de grande responsabilidade: arrancar sorrisos e gargalhadas a crianças de Norte a Sul do país. Guloso assumido, alimenta o sonho de viajar até Antália, na Turquia, terra de São Nicolau.

Ninguém sabe por que é que torradas de carcaça são injustamente preteridas mas chegou o tempo de celebrá-las
Como quase todas as carcaças são más, é preciso insistir naquelas que são feitas à mão em forno de lenha. Custam 15 cêntimos cada uma e dão duas torradas formidáveis: uma das grandes pechinchas do nosso tempo

NOTÍCIAS

Jornal EXPRESSO

(c) 2014 Portal regiaonorte.net

Termos de Serviço

Privacidade