regiaonorte.net
Sem FOTO:1

Ponte da Arrábida

projecto da autoria do engenheiro de pontes Edgar António de Mesquita Cardoso

Desde a década de 30, e devido ao crescimento demográfico que se verificou mais tarde no distrito do Porto e no concelho de Vila Nova de Gaia, a circulação rodoviária na Ponte D. Luiz I passou a fazer-se com muita dificuldade, criando-se a necessidade da construção de uma nova ponte que ligasse as duas margens do Rio Douro.

Em Março de 1957 foram iniciadas as obras da construção da ponte da Arrábida muito próximo da foz do rio Douro, cujo projecto, da autoria do engenheiro de pontes, Edgar António de Mesquita Cardoso, fora aprovado pela J.A.E. (Junta Autónoma das Estradas) em 1955. Para muitos especialistas foi considerada a sua maior obra-prima. A 22 de Junho de 1963, no mandato de Nuno Pinheiro Torres, foi inaugurada a Ponte da Arrábida, com um arco de 270 m de vão e 44 m de flecha, constituindo então, a ponte em arco de betão armado com maior vão em todo o mundo.

Esbelta e simples, trata-se manifestamente de uma obra funcional, cujas dimensões dos elementos estruturais são equilibradas com uma distribuição proporcionada, conferindo à ponte transparência, harmonia e leveza. Dispõe de quatro elevadores para a deslocação de peões no sentido de vencerem a distância de setenta metros do rio ao tabuleiro, facilitando assim a travessia pedonal. Nas torres dos elevadores, parte integrante da estrutura daquela obra de arte, podem observar-se quatro esculturas ornamentais com cinco metros de altura, fundidas em bronze. Duas do lado do Porto, do escultor Barata Feyo conjuntamente com o escultor Gustavo Bastos, simbolizando "O Génio Acolhedor da Cidade do Porto" e "O Génio da Faina Fluvial e do Aproveitamento Hidroeléctrico"; e duas do lado de Gaia, do escultor Gustavo Bastos, representando "O Domínio das Águas pelo Homem" e "O Homem na sua Possibilidade de Transpor os Cursos de Água".

A existência da A1, a autoestrada que liga a cidade do Porto à cidade de Lisboa, está intimamente ligada à ponte da Arrábida, aproximando o norte e o sul do país, passando sem esforço a prova do tempo e do uso. Em 23 de maio de 2013 foi classificada como monumento nacional, constituindo, sem dúvida uma estrutura emblemática e motivo de orgulho para a capital do norte.

 

 

 

 

 


COMENTÁRIOS DOS LEITORES


Find more about Weather in Coimbra, PO
Click for weather forecast


NEWSLETTER

Subscrever a newsletter:



Sair da newsletter:

ARRENDA-SE.NET

Quartos, apartamentos, casas, etc

RECADINHOS

Últimos recadinhos dos leitores:

Congratulations for the site. It is very nice to get more informations about Portugal. A beautiful country.
Matheus Smith 2016-07-30 23:39:20


RELÓGIO

Veja que horas são no mundo

NOTÍCIAS

Jornal O PÚBLICO

JS deu o pontapé de saída para o PS discutir a disparidade salarial... há dois anos
Moção da Juventude Socialista foi apresentada no congresso do PS de 2016 e depois aprovada na Comissão Política Nacional. O objectivo era levar os socialistas a estudar o assunto - algo que ainda não aconteceu na bancada parlamentar.

Algarve só tem um terço das principais faixas contra fogos
O Plano Nacional de Defesa da Floresta contra Incêndios de 2006 prevê a abertura de faixas de 125 metros contra fogos. No Algarve, palco do maior incêndio deste ano, muito está por fazer.

Uma desejada fonte de música
A chegada do Festival Internacional de Música de Évora mostrou que há um público efusivo à espera de mais acontecimentos no domínio da música clássica.

Uma maneira diferente de dizer “sim” ao fado de Coimbra
João Farinha & Fado ao Centro apresentam o seu disco Sim em vários palcos, pelo país e também pelo estrangeiro. No final do ano, será a vez do Porto e de Lisboa, na Casa da Música e no CCB.

Elaborado o “mapa” mais completo do difícil genoma do trigo
Depois de 13 anos de investigação, eis a versão mais pormenorizada do genoma do trigo. Para os cientistas, estamos mais próximos de criar novas variedades deste cereal mais resistentes a pragas e climas extremos.

A Juventus ganhou um goleador, a Série A um chamariz internacional
O arranque do campeonato 2018-19 significa o arranque de Cristiano Ronaldo em Itália. Na era da hegemonia dos “bianconeri”, há motivos extras para acreditar num salto qualitativo da Liga.

NOTÍCIAS

Jornal EXPRESSO

(c) 2014 Portal regiaonorte.net

Termos de Serviço

Privacidade