regiaonorte.net
Sem FOTO:1

Ponte de D.Luís I

Grande Prémio na Exposição Universal de Paris de 1878.

A partir da segunda metade do sec. XIX, a cidade do Porto assistiu a um franco desenvolvimento económico devido à expansão industrial que então se operava. As fábricas localizavam-se no lado oriental da cidade, dito “brasileiro” dando origem ao crescente tráfego entre Porto e Lisboa. 

Como a ponte Pênsil deixara de dar uma resposta eficaz para a nova dinâmica citadina, o governo determinou, em 1879, a abertura de um concurso para a construção de uma ponte no mesmo local, no sentido de substituir capazmente aquela, tendo como premissa, na sua concepção, dois tabuleiros. A firma G. Eiffel et Cie. apresentou a sua proposta que seria rejeitada pelo governo porque contemplava apenas um tabuleiro à cota  da ribeira, com um sector levadiço na parte central. Embora tivesse sido considerado ineficaz em termos de resposta para a ligação entre os núcleos urbanos do Porto e Gaia, este projecto tinha merecido um Grande Prémio na Exposição Universal de Paris de 1878. 

Apresentaram-se então numerosos concorrentes e foi vencedora a proposta da empresa belga Société de Willebroeck, com a proposta do engenheiro alemão Teófilo Seyrig, que já tinha sido o autor do projecto da Ponte D. Maria Pia enquanto sócio de Gustave Eiffel. A construção da ponte D. Luís I inicia-se então em 1881 e a inauguração do tabuleiro superior acontece a 31 de Outubro de 1886 e a do tabuleiro inferior em 1888.

A estrutura da nova ponte que passou a ser, juntamente com a Torre dos Clérigos o ex libris  da cidade do Porto, pesa no seu conjunto 3.045 toneladas. Tem 395 metros de comprimento, 45 de altura e 8 de largura, sendo o seu arco ainda hoje considerado o maior arco do mundo em ferro forjado. Actualmente o tabuleiro superior é ocupado por uma das linhas do Metro do Grande Porto, ligando a área da Sé do Porto, ao Jardim do Morro e à Avenida da Républica em Vila Nova de Gaia. 

 

 


COMENTÁRIOS DOS LEITORES


Find more about Weather in Coimbra, PO
Click for weather forecast


NEWSLETTER

Subscrever a newsletter:



Sair da newsletter:

ARRENDA-SE.NET

Quartos, apartamentos, casas, etc

RECADINHOS

Últimos recadinhos dos leitores:

Congratulations for the site. It is very nice to get more informations about Portugal. A beautiful country.
Matheus Smith 2016-07-30 23:39:20


RELÓGIO

Veja que horas são no mundo

NOTÍCIAS

Jornal O PÚBLICO

Um conto de Natal na cidade que é um conto de fadas
Com um dos melhores mercados natalícios da Europa, Colmar, no coração da Alsácia, é um postal de casas com fachadas de tantas cores. Bairros como a encantadora Petite Venise são admirados nesta época do ano tanto por adultos como por crianças.

A Leste da Sé de Braga com cozinha moderna e alternativa
Diverge da oferta tradicional com propostas que não escondem o gosto pela cozinha e produtos com origem italiana. Também o ambiente elegante e intimista ajudam a boa boca.

Um pote onde cabe todo o interior
Vanessa Melo pegou nos 164 municípios de baixa densidade do país para recolher os produtos regionais que lhe traziam a infância à memória. O Pote da Gula é um projecto solidário que quer diminuir as desigualdades entre o interior e o litoral. Já comprou todas as prendas de Natal?

Por este Douro acima
O leitor João Tiago Oliveira conta a sua experiência no Douro Vinhateiro.

O verdadeiro Pai Natal não precisa de barba postiça
É professor, actor e encenador e, nesta época do ano, é chamado a exercer funções de grande responsabilidade: arrancar sorrisos e gargalhadas a crianças de Norte a Sul do país. Guloso assumido, alimenta o sonho de viajar até Antália, na Turquia, terra de São Nicolau.

Ninguém sabe por que é que torradas de carcaça são injustamente preteridas mas chegou o tempo de celebrá-las
Como quase todas as carcaças são más, é preciso insistir naquelas que são feitas à mão em forno de lenha. Custam 15 cêntimos cada uma e dão duas torradas formidáveis: uma das grandes pechinchas do nosso tempo

NOTÍCIAS

Jornal EXPRESSO

(c) 2014 Portal regiaonorte.net

Termos de Serviço

Privacidade