regiaonorte.net
Sem FOTO:1

Ponte de D.Luís I

Grande Prémio na Exposição Universal de Paris de 1878.

A partir da segunda metade do sec. XIX, a cidade do Porto assistiu a um franco desenvolvimento económico devido à expansão industrial que então se operava. As fábricas localizavam-se no lado oriental da cidade, dito “brasileiro” dando origem ao crescente tráfego entre Porto e Lisboa. 

Como a ponte Pênsil deixara de dar uma resposta eficaz para a nova dinâmica citadina, o governo determinou, em 1879, a abertura de um concurso para a construção de uma ponte no mesmo local, no sentido de substituir capazmente aquela, tendo como premissa, na sua concepção, dois tabuleiros. A firma G. Eiffel et Cie. apresentou a sua proposta que seria rejeitada pelo governo porque contemplava apenas um tabuleiro à cota  da ribeira, com um sector levadiço na parte central. Embora tivesse sido considerado ineficaz em termos de resposta para a ligação entre os núcleos urbanos do Porto e Gaia, este projecto tinha merecido um Grande Prémio na Exposição Universal de Paris de 1878. 

Apresentaram-se então numerosos concorrentes e foi vencedora a proposta da empresa belga Société de Willebroeck, com a proposta do engenheiro alemão Teófilo Seyrig, que já tinha sido o autor do projecto da Ponte D. Maria Pia enquanto sócio de Gustave Eiffel. A construção da ponte D. Luís I inicia-se então em 1881 e a inauguração do tabuleiro superior acontece a 31 de Outubro de 1886 e a do tabuleiro inferior em 1888.

A estrutura da nova ponte que passou a ser, juntamente com a Torre dos Clérigos o ex libris  da cidade do Porto, pesa no seu conjunto 3.045 toneladas. Tem 395 metros de comprimento, 45 de altura e 8 de largura, sendo o seu arco ainda hoje considerado o maior arco do mundo em ferro forjado. Actualmente o tabuleiro superior é ocupado por uma das linhas do Metro do Grande Porto, ligando a área da Sé do Porto, ao Jardim do Morro e à Avenida da Républica em Vila Nova de Gaia. 

 

 


COMENTÁRIOS DOS LEITORES


Find more about Weather in Coimbra, PO
Click for weather forecast


NEWSLETTER

Subscrever a newsletter:



Sair da newsletter:

ARRENDA-SE.NET

Quartos, apartamentos, casas, etc

RECADINHOS

Últimos recadinhos dos leitores:

Congratulations for the site. It is very nice to get more informations about Portugal. A beautiful country.
Matheus Smith 2016-07-30 23:39:20


RELÓGIO

Veja que horas são no mundo

NOTÍCIAS

Jornal O PÚBLICO

Michel Combes: “Portugal é um diamante" para a Altice
Na véspera de a ERC anunciar o parecer sobre a compra da TVI, Patrick Drahi trouxe a Lisboa o seu estado-maior para o encontro de quadros anual do grupo Altice. E anunciou a mudança de Meo Arena para Altice Arena.

EDP garante protecção "bem constituída" das linhas eléctricas
Presidente do Conselho de Administração da empresa mostra-se "surpreendido" e refuta as conclusões do relatório do Centro de Estudos sobre Incêndios Florestais, que refere que o fogo foi causado por "contactos entre a vegetação e uma linha eléctrica de média tensão" da EDP.

Inimputáveis?
A António Costa só nos resta pedir que não nos faça chorar mais, que faça de uma vez o que tem de ser feito. Porque este Governo pode ser popular, mas não pode mesmo ser inimputável. Ou será, senhor Presidente?

“Está na altura de reformular o nosso modelo” de combate a incêndios, diz Costa
Para o primeiro-ministro, assumir responsabilidades não é fazer demissões, mas pôr em prática as propostas da comissão independente e executar a reforma florestal.

Risos madrugadores, férias, contradições e zero demissões
O filme político de mais um dia trágico em que Marcelo andou sempre à frente de Costa e foram ditas algumas frases no mínimo surpreendentes.

Uma comédia chamada Estado português
“O mais fácil para mim seria a demissão”, disse a ministra da Administração Interna. Por favor, faça o mais fácil, e vá-se embora de vez.

NOTÍCIAS

Jornal EXPRESSO

(c) 2014 Portal regiaonorte.net

Termos de Serviço

Privacidade