regiaonorte.net
Sem FOTO:432

Santuário da Nossa senhora da Peneda

Serra da Peneda, Arcos de Valdevez

Correndo num vale de falha, na Serra da Peneda, o rio da Peneda integra-se na bacia hidrográfica do rio Lima e região hidrográfica do Minho e Lima e testemunha a construção do santuário da Nossa Senhora da Peneda. Nasce junto à portela do Lagarto, cerca de 5 km a norte da Senhora da Peneda e tem um comprimento aproximado de 10,7 km, desaguando no rio Castro Laboreiro a cerca de 2,5 km a norte da Várzea. No início do seu curso é também chamado de rio das Tieiras e até à sua foz, atravessa paisagens graníticas, beija vertentes esboroadas pelo tempo,  inunda margens de pastoreio e refresca a vista daqueles que vivem isolados, longe da civilização.

O Santuário da Nossa senhora da Peneda, construído entre os finais do século XVIII e o terceiro quartel do século XIX, encosta-se a um promontório granítico de grande imponência, de onde caí displicente uma majestosa queda de água a 30 metros de altitude, visível de grande distância. As águas da cascata caem nas traseiras dos antigos dormitórios dos peregrinos do Santuário de Nossa Senhora da Peneda  (reconvertidos desde 2005 num hotel) e passam por baixo do edifício e do largo fronteiro, indo juntar-se ao rio da Peneda.

Adiante da igreja, cuja construção terminou em 1875, encontra-se o escadório das virtudes, com estátuas representando a Fé, a Esperança, a Caridade e a Glória, datado de 1854, obra do mestre Francisco Luís Barreiros.

Em desenho triangular e diante da igreja, encontra-se um largo triangular onde se situam os antigos dormitórios para os peregrinos e de onde se estende uma alameda arborizada em escadaria, com cerca de 300 metros e 20 capelas. As cenas da vida de Cristo (Natividade e Paixão) compõem o interior de cada uma delas e numa destas capelas existe uma inscrição que atesta ter sido oferecida pelo negus da Etiópia. Ao fundo da alameda, numa praça circular, situa-se um pilar oferecido pela rainha Maria I de Portugal.

Rezam as lendas que é a Nossa Senhora da Peneda quem olha pela cascata protegendo este local mágico para quem o visita. Na primeira semana de Setembro realiza-se no santuário um grande arraial popular.

 

 



loading...



COMENTÁRIOS DOS LEITORES


Find more about Weather in Coimbra, PO
Click for weather forecast


NEWSLETTER

Subscrever a newsletter:



Sair da newsletter:

ARRENDA-SE.NET

Quartos, apartamentos, casas, etc

RECADINHOS

Últimos recadinhos dos leitores:

Congratulations for the site. It is very nice to get more informations about Portugal. A beautiful country.
Matheus Smith 2016-07-30 23:39:20


RELÓGIO

Veja que horas são no mundo

NOTÍCIAS

Jornal O PÚBLICO

Como é que o montado pode lutar contra as alterações climáticas?
As alterações climáticas podem ser grandes inimigas do montado. Alice Nunes propõe fazer frente a este problema através da reposição das funções das plantas neste ecossistema.

Fernando Luís Sampaio: uma arte da contenção que supera toda a reserva
Os poemas de Fernando Luís Sampaio fazem da contenção emocional um fio-de-prumo. Esta é uma poesia do equilíbrio tonal e expressivo, traços que convizinham da entrega destemida ao grande desconhecido que é o “chacal do desejo”.

A conquista das palavras na Argentina pós-referendo
Um dos rostos pela despenalização do aborto na Argentina, a escritora Claudia Piñeiro fala-nos da luta que entregou a palavra às pessoas. Aberto o espaço para conversas que finalmente se podem ter, a sociedade argentina não será a mesma depois da queda deste tabu.

Separar alunos para melhorar os resultados? Nestas escolas resulta
Projecto piloto criado há três anos em duas escolas da Madeira tem obtido resultados animadores. Taxas de retenções caíram a pique e notas mais altas subiram.

Saramago segundo Pinho Vargas
Dar ouvidos a Memorial, obra sinfónica escrita para os 20 anos da atribuição do prémio Nobel a José Saramago, é mergulhar nas cumplicidades nem sempre óbvias que se tecem entre o compositor e o escritor.

Porque não temos extrema-direita? Uma palavra
A ausência da extrema-direita no nosso país é um facto político precioso. Deveríamos todos esforçar-nos para o manter assim. A sorte ganha-se.

NOTÍCIAS

Jornal EXPRESSO

(c) 2014 Portal regiaonorte.net

Termos de Serviço

Privacidade