regiaonorte.net
Sem FOTO:432

Santuário da Nossa senhora da Peneda

Serra da Peneda, Arcos de Valdevez

Correndo num vale de falha, na Serra da Peneda, o rio da Peneda integra-se na bacia hidrográfica do rio Lima e região hidrográfica do Minho e Lima e testemunha a construção do santuário da Nossa Senhora da Peneda. Nasce junto à portela do Lagarto, cerca de 5 km a norte da Senhora da Peneda e tem um comprimento aproximado de 10,7 km, desaguando no rio Castro Laboreiro a cerca de 2,5 km a norte da Várzea. No início do seu curso é também chamado de rio das Tieiras e até à sua foz, atravessa paisagens graníticas, beija vertentes esboroadas pelo tempo,  inunda margens de pastoreio e refresca a vista daqueles que vivem isolados, longe da civilização.

O Santuário da Nossa senhora da Peneda, construído entre os finais do século XVIII e o terceiro quartel do século XIX, encosta-se a um promontório granítico de grande imponência, de onde caí displicente uma majestosa queda de água a 30 metros de altitude, visível de grande distância. As águas da cascata caem nas traseiras dos antigos dormitórios dos peregrinos do Santuário de Nossa Senhora da Peneda  (reconvertidos desde 2005 num hotel) e passam por baixo do edifício e do largo fronteiro, indo juntar-se ao rio da Peneda.

Adiante da igreja, cuja construção terminou em 1875, encontra-se o escadório das virtudes, com estátuas representando a Fé, a Esperança, a Caridade e a Glória, datado de 1854, obra do mestre Francisco Luís Barreiros.

Em desenho triangular e diante da igreja, encontra-se um largo triangular onde se situam os antigos dormitórios para os peregrinos e de onde se estende uma alameda arborizada em escadaria, com cerca de 300 metros e 20 capelas. As cenas da vida de Cristo (Natividade e Paixão) compõem o interior de cada uma delas e numa destas capelas existe uma inscrição que atesta ter sido oferecida pelo negus da Etiópia. Ao fundo da alameda, numa praça circular, situa-se um pilar oferecido pela rainha Maria I de Portugal.

Rezam as lendas que é a Nossa Senhora da Peneda quem olha pela cascata protegendo este local mágico para quem o visita. Na primeira semana de Setembro realiza-se no santuário um grande arraial popular.

 

 



loading...



COMENTÁRIOS DOS LEITORES


Find more about Weather in Coimbra, PO
Click for weather forecast


NEWSLETTER

Subscrever a newsletter:



Sair da newsletter:

ARRENDA-SE.NET

Quartos, apartamentos, casas, etc

RECADINHOS

Últimos recadinhos dos leitores:

Congratulations for the site. It is very nice to get more informations about Portugal. A beautiful country.
Matheus Smith 2016-07-30 23:39:20


RELÓGIO

Veja que horas são no mundo

NOTÍCIAS

Jornal O PÚBLICO

Um conto de Natal na cidade que é um conto de fadas
Com um dos melhores mercados natalícios da Europa, Colmar, no coração da Alsácia, é um postal de casas com fachadas de tantas cores. Bairros como a encantadora Petite Venise são admirados nesta época do ano tanto por adultos como por crianças.

A Leste da Sé de Braga com cozinha moderna e alternativa
Diverge da oferta tradicional com propostas que não escondem o gosto pela cozinha e produtos com origem italiana. Também o ambiente elegante e intimista ajudam a boa boca.

Um pote onde cabe todo o interior
Vanessa Melo pegou nos 164 municípios de baixa densidade do país para recolher os produtos regionais que lhe traziam a infância à memória. O Pote da Gula é um projecto solidário que quer diminuir as desigualdades entre o interior e o litoral. Já comprou todas as prendas de Natal?

Por este Douro acima
O leitor João Tiago Oliveira conta a sua experiência no Douro Vinhateiro.

O verdadeiro Pai Natal não precisa de barba postiça
É professor, actor e encenador e, nesta época do ano, é chamado a exercer funções de grande responsabilidade: arrancar sorrisos e gargalhadas a crianças de Norte a Sul do país. Guloso assumido, alimenta o sonho de viajar até Antália, na Turquia, terra de São Nicolau.

Ninguém sabe por que é que torradas de carcaça são injustamente preteridas mas chegou o tempo de celebrá-las
Como quase todas as carcaças são más, é preciso insistir naquelas que são feitas à mão em forno de lenha. Custam 15 cêntimos cada uma e dão duas torradas formidáveis: uma das grandes pechinchas do nosso tempo

NOTÍCIAS

Jornal EXPRESSO

(c) 2014 Portal regiaonorte.net

Termos de Serviço

Privacidade