regiaonorte.net
Sem FOTO:427

Serra d'Arga

outrora de seu nome Medúlio

 

A , outrora de seu nome Medúlio, próximo da Galiza, divide-se por quatro concelhos (Viana do Castelo, Ponte de Lima, Vila Nova de Cerveira e Caminha). Situa-se no Alto Minho entre os rios Lima e Minho e proporciona um autêntico museu ao ar livre que guarda em si as mais diversificadas espécies de fauna e flora assim como lendas e antigas histórias da região.

Repleta de património natural, as quedas de água, as piscinas naturais e os terrenos férteis e vegetação autóctone, fazem desta serra do Alto Minho uma das áreas mais harmoniosas do distrito. Persistem ainda rebanhos de cabras e de ovelhas e animais selvagens como, lebres, javalis, perdizes e o quase extinto lobo. Os amantes de cavalos podem apreciar no seu habitat natural, os garranos em estado semisselvagem. Devido ao seu tamanho menor que um cavalo comum, é considerado um pónei, e integra-se na categoria de raça protegida devido ao risco de extinção a que esteve sujeito até há pouco tempo.

As aldeias são tipicamente rurais, com construções tradicionais que servem de apoio às atividades agrícolas das gentes da terra e constituem três núcleos: Arga de Baixo, Arga de Cima e Arga de São João.A serra d’Arga está classificada como sítio da Rede NATURA 2000 não faltando opções de percursos pedestres: o Trilho da Pedra Alçada, o Trilho da Chã Grande, o Trilho Cabeço do Meio-Dia e o Trilho Chã da Franqueira. O Centro de Interpretação da serra d’Arga (CISA), em Arga de Baixo, disponibiliza informação sobre o património natural da serra.


Os moinhos situados ao longo das principais linhas de água, cobertos com lajes de xisto, constituem exemplares da arquitetura tradicional serrana. A romaria de São João d’Arga (28 e 29 de agosto) é uma das mais célebres da região. Neste dia, os romeiros dormem na zona envolvente ao mosteiro de São João e assistem às cantigas ao desafio, numa festa animada pelo som das concertinas.

Este promontório granítico pertencente ao sistema montanhoso da Peneda-Gerês, ergue-se a 825 metros de altitude (Alto do Espinheiro) e pode ser admirado a partir de vários quadrantes envolventes assumindo diferentes formas.

 

Mais fotos:

 


COMENTÁRIOS DOS LEITORES


Find more about Weather in Coimbra, PO
Click for weather forecast


NEWSLETTER

Subscrever a newsletter:



Sair da newsletter:

ARRENDA-SE.NET

Quartos, apartamentos, casas, etc

RECADINHOS

Últimos recadinhos dos leitores:

Congratulations for the site. It is very nice to get more informations about Portugal. A beautiful country.
Matheus Smith 2016-07-30 23:39:20


RELÓGIO

Veja que horas são no mundo

NOTÍCIAS

Jornal O PÚBLICO

Um conto de Natal na cidade que é um conto de fadas
Com um dos melhores mercados natalícios da Europa, Colmar, no coração da Alsácia, é um postal de casas com fachadas de tantas cores. Bairros como a encantadora Petite Venise são admirados nesta época do ano tanto por adultos como por crianças.

A Leste da Sé de Braga com cozinha moderna e alternativa
Diverge da oferta tradicional com propostas que não escondem o gosto pela cozinha e produtos com origem italiana. Também o ambiente elegante e intimista ajudam a boa boca.

Um pote onde cabe todo o interior
Vanessa Melo pegou nos 164 municípios de baixa densidade do país para recolher os produtos regionais que lhe traziam a infância à memória. O Pote da Gula é um projecto solidário que quer diminuir as desigualdades entre o interior e o litoral. Já comprou todas as prendas de Natal?

Por este Douro acima
O leitor João Tiago Oliveira conta a sua experiência no Douro Vinhateiro.

O verdadeiro Pai Natal não precisa de barba postiça
É professor, actor e encenador e, nesta época do ano, é chamado a exercer funções de grande responsabilidade: arrancar sorrisos e gargalhadas a crianças de Norte a Sul do país. Guloso assumido, alimenta o sonho de viajar até Antália, na Turquia, terra de São Nicolau.

Ninguém sabe por que é que torradas de carcaça são injustamente preteridas mas chegou o tempo de celebrá-las
Como quase todas as carcaças são más, é preciso insistir naquelas que são feitas à mão em forno de lenha. Custam 15 cêntimos cada uma e dão duas torradas formidáveis: uma das grandes pechinchas do nosso tempo

NOTÍCIAS

Jornal EXPRESSO

(c) 2014 Portal regiaonorte.net

Termos de Serviço

Privacidade